Como reduzir os custos através dos consumíveis

como conseguir melhores resultados com condomínio-1

É responsável pelo orçamento de consumíveis e a redução de custos? Saiba como economizar. Quais são os consumíveis no seu condomínio? Neste caso, será interessante propor à assembleia um planeado de stock dos consumíveis utilizados para administrar o condomínio. Através do tempo médio de durabilidade dos consumíveis e utilização dos mesmos, poderá calcular uma previsão para o stock. Possuir um stock, nomeadamente, consumíveis administrativos, material de limpeza e componentes técnicos no âmbito da manutenção, ao exemplo de lâmpadas, sensores, pavimentos de substituição, equipamentos de segurança obrigatórios, comandos de garagem e etc.

 

O stock incorpora os ativos do condomínio e atuam de duas formas:

 

  • Elimina o imprevisto. Os imprevistos tendem a ser mais caros, porque quando ocorrem, o foco é a resolução do problema no mais curto espaço de tempo e a margem de negociação tende a baixa.
  • Assegura a um custo mais baixo a estética do prédio por mais tempo. Todos os materiais da estrutura do prédio de forma geral sofrem esforços de contração e dilatação devido à variação de humidade e da temperatura do meio ambiente. Se esses esforços superarem as resistências internas do material, começará a aparecer fissuras e até rachaduras na estrutura materiais utilizados. O exemplo disso são pisos podem sofre danos, como as tijoleiras que podem estalar e devem ser substituídas. Se os condomínios não possuem stock desse tipo de material, poderão ter a sorte de haver ainda no mercado, caso contrário, existe a possibilidade do mesmo estar esgotado ou descontinuado, neste caso, irá ficar caro, porque todo o piso terá que ser levantado para ser substituído.
Continue a ler este artigo, saiba mais acerca deste procedimento. Este conteúdo é exclusivo aos Membros Vip e/ou Plano membros Vip + Publicidade , clique no link e confira o que cada plano tem a oferecer.

Por favor, siga-nos ou deixe seu like:
 

Deixe uma resposta